Archive | Fevereiro 2013

Muros pintados… em Lyon

Recebemos um casal de amigos na última semana e no roteiro deles estava Lyon… confesso que em um primeiro momento desanimei! Já tínhamos ido para lá na Fête des Lumiéres, lembram? E não vimos muita coisa de interessante (exceto a festa propriamente dita) além de uma cidade grande, sem aquele estilo europeu que tanto gostamos. Porém, roteiro das cidades prontos, era a hora de fazer o roteiro do passeio… e Lyon coube a mim!
Primeiro as informações básicas: Lyon fica a 100km de Grenoble, é a terceira maior cidade da França (atrás de Paris e Marseille, com quase 480.ooo habitantes), sendo a segunda maior área urbana (atrás de Paris, obviamente, com cerca de 2.142.732 habitantes), pertencendo à região de Ródano-Alpes… a “nossa” região (dentro dessa região, Grenoble está no departamento Isére).
Quando vou visitar uma cidade, leio a respeito dela nos guias turísticos e nos blogs, para conhecer um pouco da sua história e saber o que visitar. Foi questão de 1 horinha para eu começar a gostar de Lyon… e foram algumas coisas nada típicas me chamaram a atenção, dentre elas, alguns “muros pintados”.
Esses muros, são parte de Lyon, uma arte bem típica da cidade, e tão bem feitos e integrados à paisagem que podem passar desapercebidos.
Existem centenas deles, e como não tinha tempo para ficar procurando (1 dia na cidade somente), peguei um mapinha e marquei a localização de dois mais conhecidos e próximos de onde iríamos.
O primeiro deles é o chamado “La fresque des Lyonnais”, e ele é tão bem feito e interessante, que estávamos na frente do endereço e demoramos um pouquinho para percebê-lo e olhar para cima. Nele estão pintadas diversas personalidades que nasceram na cidade de Lyon, como os irmãos Auguste e Louis Lumière (inventores do cinema – e claro que aqui lembrei do meu irmão), o escritor Saint-Exupéry (autor do livro “O Pequeno Principe” – e lembrei da minha irmã Simone, que adora esse livro), dentre muitos outros como o Paul Bocuse, que é considerado o melhor chefe de cozinha do mundo. As pinturas ainda foram feitas numa ordem, estando nos andares mais altos os personagens ou personalidades mais antigos.
Antes (obviamente foto retirada da internet):
Depois (fotos um pouquinho maiores para verem os detalhes)
20130221_164120
DSC06091
Foto para meus irmãos, Daniel e Simone ;)

Foto para meus irmãos, Daniel e Simone 😉

DSC06099
Essa foto abaixo eu adorei, não dá para acreditar que tem uma loja abaixo? E a sombra do tapete??
DSC06100
Outro muro super conhecido é o chamado “Mur des Canuts”, que foi pintado em 1987. São 1200 metros quadrados (o maior da Europa) de pura arte. O nome se deve ao tema da pintura, pois é a representação da vida dos Canuts, que eram operários do século XIX que teciam seda.   É um muro que realmente está integrado com a paisagem da cidade. Infelizmente não passamos por ele, mas deixo aqui o registro para aqueles que tiverem curiosidade… dêem uma olhadinha na internet, é de impressionar!
Fomos ainda na pintura chamada “La Biblioteque de la Cité”, que apesar da parte superior representar uma biblioteca e não prédios ou imagens urbanas como nos anteriores, também chama muita atenção.
DSC06106
Sua parte inferior é de uma realidade incrível…  não acham?
DSC06108
Ainda encontramos outras pinturas caminhando pela cidade.
20130221_164105
Algumas mais simples, mas que impressionavam pelos detalhes, como os pássaros abaixo.
20130221_164041
20130221_164050

 

Algumas pouco prováveis no meio de uma cidade…

... um leão?

… um leão?

...uma pantera negra?

…uma pantera negra?

 

E para fechar com chave de ouro, com muito orgulho apresento uma pintura que encontrei… aqui no teatro de Grenoble! 😛

20130225_181126

Janelas fechadas…

É difícil perceber em um primeiro momento, mas após saber da história, parece que elas estão por toda a parte… as janelas fechadas!

Eu nunca fui muito boa em História, e meu passado não me deixa mentir a respeito! Mas como já disse aqui no blog, viajando e vendo os lugares de perto, tudo fica mais interessante de ser estudado!

Sendo assim, depois de velha e de quase nada saber sobre a História do Brasil – sim, eu tenho vergonha de assumir isso – quanto mais desse Velho Mundo, passo a pesquisar sobre o que leio e vejo, para a vida e para escrever aqui.

Então… vamos à história!

Durante a Revolução Francesa, em 1789, com a finalidade de cobrar das pessoas mais ricas impostos maiores, foi criado o “imposto sobre portas e janelas”.
Dá para imaginar o que aconteceu né? Os proprietários passaram a fechar as janelas (ainda não encontrei portas fechadas) economizando uns pilas.

DSC05995

em Avignon, France

Na foto acima, conseguimos ver janelas que se mantiveram abertas, fechadas somente com tijolos e as finalizadas com reboco, essas últimas mais comuns, o que tornam as “janelas fechadas” quase imperceptíveis.

Victor-Marie Hugo, mais conhecido como Victor-Hugo (inúmeras praças e ruas levam o seu nome aqui na França), francês, poeta, ativista pelos direitos humanos, e de grande atuação política, disse, a respeito desse imposto:  “Deus nos deu o ar da graça, mas o Estado quer cobrar por ele, fazendo as pessoas morarem em casas escuras e fechadas” (fonte: Gazeta do Sul).

 

Nos meus estudos, descobri que esse imposto não é exclusividade da França… Até o final do século XVII, o Rei Guilherme III da Inglaterra, também cobrava uma taxa pelas janelas existentes nos imóveis. Porém lá o efeito foi inverso, como prova de status, as pessoas passaram a “criar” mais e mais janelas em suas mansões. Ainda, no México também houve a aplicação do mesmo imposto, segundo o texto “os 10 impostos mais absurdos do mundo”

Dizem ainda que a arquitetura de Amsterdã, com suas casas compridas, janelas minúsculas e fachadas estreitas, também deve-se ao chamado imposto sobre janelas ou sobre fachadas. 

Bem, após saber desse imposto e da história, passei a observar a cidade de uma forma um pouco diferente (e as vezes até dolorida, pois o pescoço sofre)… olhando para cima!

20130221_174245

em Lyon, France

20130221_124153

em Lyon, France

20130221_113043

em Chateauneuf du Pape, France

20130221_123631

em Lyon, France

Elas realmente estão em todas as partes…e a prova disso é que mesmo prestando mais atenção agora, algumas “janelas fechadas” escapam aos nossos olhares e só são percebidas após analisarmos algumas fotos, em que elas não eram o foco principal!

DSC06023

Acima, foi feito o registro de uma “subidinha bruta” em Chateauneuf du Pape… e à direita, super discreta, uma janela fechada.

Abaixo, foto de uma caminhada pelas ruas de Lyon, na parte velha da cidade, estilo bem Europeu e muito bonita… à esquerda da foto, mais janelas fechadas.

20130221_162011[1]

Sendo assim, quando estiverem realizando passeios aqui pela Europa, não esqueçam de olhar para cima!! 😉

Barrigudinha…

…Essa é a nova forma como o Cris me chama! Ahhh se fosse em outros tempos ele certamente estaria de cama, se recuperando…
Mas agora estou adorando! 😉

Estando aqui no Velho Mundo, tão longe da família e dos amigos, e nesta fase da gestação o principal questionamento é a respeito do sexo do bebê e a maior curiosidade é de ver o crescimento da barriga!

Quanto ao sexo do bebê, no final de março faremos a próxima ecografia, e poderemos dizer se será uma gremista como a mamãe ou um colorado como o papai! 😛
Claro… afinal, se for menina, ela ficará no shopping com a mamãe enquanto o papai vai no jogo (garota esperta), mas se menino, nada mais justo que sofrer torcer ao lado do papai!

Ahhh e quanto a vontade de saber o sexo só no dia do nascimento, pensamos muito e percebemos que mais gostoso do que essa surpresa, seria poder fazer algumas comprinhas mais específicas para o nosso bebê, além de poder chamá-lo pelo nome desde cedo!

 

Mas… e a barriga?

Segue abaixo o desenvolvimento!

3meses

Estamos fazendo o registro, tentando manter uma certa regularidade. O que vocês acham?
Andei ohando alguns desenhos de previsões do tamanho da barriga e acho que está dentro da normalidade…

563048_10151618249245312_1455721958_n

Ainda não é “aquela barriga” que as pessoas olham e dizem “ela está grávida”, mas para quem sabe, a diferença já é visível!

Pela manhã, no momento familiar com a nossa barriga, eu e o Cris sentimos ela bem durinha… abaixo do umbigo (ahh, e esvazio a bexiga antes).

 

Na semana passada tive a primeira impossibilidade de usar uma calça jeans, que é com cintura mais alta… não fechou! Querem saber? FIQUEI FELIZ DA VIDA!

Hoje completamos 18 semanas de gestação, ou seja, entramos no quinto mês! Logo logo ultrapassaremos a metade desse lindo período!
Nosso bebê já possui cerca de 15cm e 200 gramas, sendo comparado a um mamão papaya e, em comprimento, a uma banana (essa comparação e complicada, dada a diversidade de bananas que temos no Brasil, mas fazer o que né?) 😛

Terceira consulta médica

No dia 14 de março, dia dos namorados aqui e em todo o mundo (exceto no Brasil, eu acho), tivemos a nossa terceira consulta médica!

Sem ecografia, seria a nossa primeira consulta mais clínica (pois a primeira foi mais um “oi Dr. estou grávida e quero que sejas o meu médico), com verificação do bebê, medição da barriga, verificação do peso, perguntas e respostas…

Porém, nossa consulta foi rápida e, desta vez, isso até irritou um pouco o Cris.

 

Inicialmente foi a primeira vez que tivemos que esperar alguns minutinhos… nada de mais, acho que uns 20 minutos.

Quando atendidos, o médico fez o Doppler para escutar o coração do nosso bebê. Me assustei um pouco muito, pois esperava escutar o coração dele como na ecografia… rezei milhares de orações em 1 ou 2 minutos, enquanto o Doutor mexia a cabeçote com certa força para tentar escutá-lo. De repente ele para e vai para ao Ultra-som… pensei: “algo está errado!” –> confesso: quase chorei!!

Mas ele estava ali, se mexendo bastante (e desta vez nem tomei o achocolatado). Perguntei sobre o coração que não ouvi, e ele voltou ao Doppler para me tranquilizar… uuuufa!!

Bem, o fato é que com esse aparelho a escuta é mesmo diferente (agora eu sei), mais baixinha!

Depois então o médico pediu que EU me pesasse… eu!!

Com roupa (meia, calça jeans, blusinha de baixo e blusa de lã fina…) deu 65,5kg. Com a minha confusão com os números franceses, quase disse para o Dr. que estava com 60,5kg… hehehehe!! Tentei, mas o Cris não me deixou enganá-lo!

Aumentei 4,5kg em 16,5 semanas. Ele me disse “pas mal” ou seja, que “não estava mal”… que a idéia é aumentar em média 1 kg a cada mês… ou seja, estou NO LIMITE!!

Eiii… vocês que já engravidaram aí… lembram quanto aumentaram por esta época? conta aí nos comentários 😉

 

Depois disso… pedido de exame de toxoplasmose e pronto!! :-O

Então passei para as minhas perguntas, minhas dúvidas… ele respondeu a todas e logo encerrou a consulta, meio que com pressa!! E isso irritou sim meu maridão!

 

Não sei se é mesmo assim… sei que isso é muito diferente que no Brasil!

 

Bem, nosso bebê está super bem… não vejo a hora de sentí-lo mexer na minha barriga… aliás, barriga que não para de crescer! Em breve as fotinhos (o Cris precisa arrumar o comparativos das 3 que temos)!!

Mas adivinhem… primeira calça (certo que é a que eu mais gosto) sem fechar na cintura! O que antes era pânico agora virou motivo de orgulho… eita vida doida essa!

Peso e medida

Neste domingo completamos 16 semanas de gestação!!

Pelo meu programinha de informações (indicado por várias amigas e que me acompanha no computador e no celular), nosso bebê tem aproximadamente 12 cm – uma “pêra grande” – e 100 gramas, sendo que na próxima semana ele vai praticamente dobrar de peso e crescer bastante!

Fico olhando fotos na internet e tentando me informar sobre o tamanho da barriga nesta fase, mas a diversidade é muito grande! Tem mulheres que parece que estão ganhando o bebê, e outras com menos barriga que eu antes de engravidar – ok, sei que não e uma boa comparação, hehe!

Nesta próxima semana teremos nossa terceira consulta médica, e ao que tudo indica, será uma consulta bem clínica, pois não está prevista a ecografia (a próxima será na metade de março). Sendo assim, o médico deve me pesar e me medir pela primeira vez… confesso que estou um pouquinho tensa com a situação, hehehe!! Nas duas primeiras consultas ele não fez nada disso, apenas perguntou sobre o meu peso. Antes mesmo de pensar que o médico é bom ou ruim, vale lembrar que a consulta médica daqui da França é bem diferente da brasileira, sendo super objetiva – leia aqui. Como eu não tenho uma balança boa em casa (pela minha estou com o mesmo peso de quando engravidei, beleza né?!), fica difícil saber o quanto engordei. Ontem me pesei numa balança no supermercado, e seu aproximadamente 4 kg a mais! Considerando que eu estava muito apertada para ir no banheiro (e depois fiz muito xixi), estava de calça jeans e bota (sim, eu tinha roupa em cima), será que posso diminuir 1 kg? hehehe!! Ahhh as eternas desculpas…

Bem, esse programa que falei diz que com 16 semanas devo ter aumentado entre 2,5kg e 5kg… então acho que to na média!

Nesta semana também bateremos a terceira foto da barriga, fotinho de perfil… então em breve vocês poderão comentar o que acham (atualmente tem sido o pedido mais frequente: queremos foto da barriga!!). O Cris já me chama de barrigudinha! Sabe… é a primeira vez na vida que gosto disso… se fosse antes, mataria ele!

Outras novidades me acompanham nesta fase. A sensação de bexiga cheia é a mais forte… apesar de ter ligo que era normal urinar mais nos primeiros 3 meses e depois diminuiria (o que me parece estranho se pensarmos que com o crescimento da barriga haverá maior contração da bexiga – mas já sei: são os hormôniooosss! Há outras mudanças no organismo além da barriga!). E olha que infelizmente não consigo tomar a quantidade de água indicada – mas estou melhorando!

Os seios nem preciso falar né? Parece que vão explodir, que vou acordar asfixiada ou estrangulada por eles!! hehehe!

De resto, coisas aparentemente normais, cansaço físico, sono (apesar desse ter diminuído bastante)… mas tem coisas boas também: cabelo mais bonito e brilhoso, pele aparentemente melhor e mais bonita (apesar da rosácea ter aparecido de novo), vontade de comer mais coisas saudáveis (sim, saladinha todos os dias)…

O papai tá um babão, graças a Deus, está acompanhando toda a gestação bem de perto e participando de tudo. Além de me chamar de barrigudinha e se preocupar muito com a saúde da mamãe do filho dele (ahhh pq não sou mais esposa) e do próprio bebê, já faz carinho na barriga e até olha roupinhas nas lojas!! 😀

Bem, por hoje era isso!! Parabéns ao nosso bebê que está grandinho e forte…

Em tempo real…

Hoje consegui publicar todos os posts que eu já tinha escrito durante a primeira parte da minha gestação, começando o “Diário da Gestação”. Agora começo a escrever em tempo real, mas em local virtual 😉

 

Sobre as VIAGENS é difícil postar imediatamente, pois os posts mesmo tem fotos e um texto, que normalmente são elaborados após o passeio. Mesmo que eu possa enviar uma foto que outra que tiro com o celular durante o passeio, a publicação pelo celular nem sempre é fácil, pois a internet não ajuda muito, especialmente se forem viagens para fora da França.

 

Ainda estou um tanto atrasada eu sei bem… tem muitas viagens que fizemos e que ainda não tem seu post aqui no blog, mas é que tenho que programar as futuras viagens (com visitas já “agendadas”) e às vezes as pequenas viagens que fazemos durante os finais de semana… mas aos poucos vou deixando vocês a parte da nossa aventura!

 

Aproveitando a onda de visitas que teremos em seguida, pretendo acrescentar algumas dicas nos posts, informações importantes sobre os lugares que visitamos, como as coisas funcionam, como por exemplo os pedágios, as compras de passagens e outras dados básicos mas que na hora de programar uma viagem acabam sendo esquecidos, e após acabam se tornando um pouco mais assustadores do que realmente são. Esse não é um blog com o objetivo de informar as pessoas sobre viagens ou sobre o funcionamento prático das mesmas, como os blogs especializados em viagens, pois o objetivo inicial dele é e sempre foi de que vocês (parentes e amigos) possam acompanhar nossa experiência de morar no exterior por 1 ano, além de diminuir um pouquinho a distância; mas acho que posso contribuir um pouquinho com quem vem para cá, especialmente para aqueles que fazem antecipadamente uma programação da visita 😉

 

No que diz respeito à GESTAÇÃO, agora que é assunto público, posso partilhar “ao vivo” com vocês sobre o meu dia-a-dia, sobre como está sendo a gestação… novos sintomas, as descobertas, as mudanças e as angústias.

 

Não deixem de comentar e até de colocarem nos comentários suas perguntas… eu adoro! É muito bom sentir que vocês estão acompanhando a gente, mesmo que de longe.

 

Ahhh e podem acrescentar críticas, elogios e sugestões, dicas para as viagens e para a gestação… afinal quem não gosta de um pitaquinho né? Sempre temos uma dica, um segredo e, em se tratando da gravidez, às vezes até umas simpatias, especialmente nós mulheres!

 

À tout à l’heure

Segunda consulta médica (escrito em 11/01/2012)

Hoje foi o dia da nossa segunda consulta médica, e da primeira ecografia!!

Estamos quase completando o primeiro trimestre; 11 semanas e 5 dias!

 

Como eu sabia que teria a primeira ecografia, não hesitei! No café da manhã tomei um caneco de chocotino para que o bebê estivesse bem acordado! O Cris deu uma criticada comentada dizendo que era “desculpa” para a minha vontade de comer chocolate! 😛

 

Ao chegarmos no médico, fomos direto para a eco. Ficamos impressionados como dá pra ver direitinho o bebê com tão pouco tempo… na verdade, nem esperávamos ver com tanta perfeição!

Essa consulta foi um pouco mais demorada por causa do exame, mas sequer passamos na sala do médico, ficamos só na ecografia mesmo, ou seja, não teve exame clínico, nem pesagem, nem medição da barriga, nem aconselhamentos diversos…  Muito diferente do que ouvimos falar das consultas no Brasil, como relatado aqui.

A parte mais importante dessa consulta foi fazer o exame da nuca – transluscência nucal – para verificar a possibilidade de uma alteração cromossômica, como a Síndrome de Down. O fato do médico repetir o exame umas 3 vezes assustou bastante o papai, mas agora sabemos que é o procedimento correto, uma vez que esse exame depende muito da mão do médico. De qualquer forma já realizei também a coleta de sangue para a realização do mesmo exame através da contagem hormonal, deve ficar pronto em 1 semana 😉 –> já ficou pronto, porém, o resultado desse exame em especial vai diretamente para o médico e só para ele, como ele não telefonou para adiantar a consulta, estamos tranquilos e acreditando que está tudo certo!

E o médico não parava de repetir “il se bouge beaucoup!” (ele se mexe bastante!!). BINGO!!

O danadinho estava numa verdadeira festa… dava pulos, mexia os braços e as pernas, e dificultava bastante a medição pelo doutor! Achei a maior graça!

Relaxando... de pernas cruzadas ;)

Relaxando… de pernas cruzadas 😉

5,4cm o grandalhão mede! Sabe o que é isso? Ele está deixando de ser um figo, para ser um limão! –> Quanta transformação! Essa consulta foi um pouco mais demorada por causa do exame, mas sequer passamos na sala do médico, ficamos só na ecografia mesmo, ou seja, não teve exame clínico, ne pesagem, nem medição da barriga, nem aconselhamentos diversos…

Feliz 2013!! (escrito em 06/01/2013)

Feliz 2013!! Que ele seja tão maravilhosos para todos vocês que estão acompanhando o nosso blog como ele promete ser para a nossa família!   Após as festas de final de ano e viagens para visitar a família francesa e com os amigos… a vida volta ao normal!! Graças a Deus tudo correu tranquilamente com os passeios. Inicialmente em Paris, consegui fazer quase toda a programação, que foi intensa, quase toda a pé! Apenas à noite fizemos algumas modificações e jantamos perto do apartamento em que estávamos ou no local do último passeio do dia, não se deslocando muito para jantarmos e não esticando a noite, afinal o dia era puxado! Em Tours a maratona ficou por conta da cozinha francesa!! Comemos muito… tudo tranquilo para uma gestante (evitando os vinhos deliciosos presentes em todas as refeições e as ostras tradicionais de Natal).   O papai Cris, logo que soube da gravidez, se mostrou um pouco preocupado com nossa viagem de final de ano. Já estávamos com tudo certo… amigos com passagem comprada e planos de viajar de carro… fácil a administração: com os amigos companheiros de ceva, eu ficaria de “motorista da rodada”, pois bebidas alcoólicas estão proibidas!! O Cris ficou apreensivo até a primeira consulta médica, em que o médico foi claro ao afirmar que era para “seguir a vida normal” e que “poderia dirigir”. Neste quesito tudo certo… não tive muitos dias de cansaço e pude acompanhar o grupo nos passeios e até nos bares, especialmente em Barcelona… acho que a Espanha é o país das cervejas sem álcool! Trouxe um estoque!!   Hoje, dia seguinte ao final das férias de final de ano, o dia foi de descanso!! Dormir sem despertador e esticar um pouco no sofá no meio da tarde ajudaram na recuperação!!   No final desta semana teremos nossa segunda consulta médica, e apesar do médico não ter me pesado na primeira, o medo tá batendo, pois a balança daqui de casa (não é muito boa, mas é o que temos no momento) acusou 2kg a mais desde a nossa saída de casa no dia 21/12.   O nosso bebê completa hoje (pela contagem brasileira) 11 semanas!! Tem um pouco mais de 4cm e aproximadamente 8 gramas… cresce rápido esse pitoco!! Segundo minhas leituras, ele já se mexe bastante, apesar da mamãe aqui não sentir nada.   Logo logo, completando 3 meses, poderei espalhar a notícia entre os amigos e familiares, e partilhar a nossa alegria!!

Carência e muito choro… um sintoma? (escrito em 19/12/2012)

Estou lendo muitos livros sobre a gestação e sobre bebês, como já falei aqui. Acho que nunca na minha vida tinha lido 3 ou 4 livros ao mesmo tempo. Nada como entrar num mundo desconhecido né? Fosse o mundo das tias… eu já estava craque!

Um desse livros é bem light, chama-se “simplesmente grávida” e eu ganhei de uma colega de francês. É um livro tipo diário de gestação, onde uma mulher fala da sua segunda gestação.

Neste livro (e também em vários outros locais) li que a mulher normalmente fica mais chorona e carente na gestação. Até ontem a noite não sentia nada disso!

Porém, ontem o maridão aqui resolveu fazer greve de conversas comigo ao chegar do trabalho… aí já viu! Me encontrei sozinha, longe da família e sem marido! DESABEI!!

E ainda era um dia que eu queria estar com a família: minha irmã enfrentando uma barra, a outra na maior correria na nossa loja, meu irmão prestes a fazer entrevista de doutorado… e eu sem falar com minha mãe há mais de 4 dias.

 

Bem, a noite passou lentamente… insônia… lágrimas…

Mas o dia chegou, e com ele o sol. Claro que para o maridão tudo normal… ahhhh os homens!! E isso por uns instantes me irritou! Mas fazer o que? Bora seguir a vida, e em breve, literalmente empurrando com a barriga esses pequenos probleminhas.

Uma gravidez tranquila… (escrito em 18/12/2012)

Neste final de semana fui bater perna e fazer compras com uma amiga no sábado, enquanto o Cris foi esquiar. Não pude acompanhar o Cris no esqui pelo receio das quedas… mas depois ele me disse que não tem perigo, fiquei morrendo de vontade de ir!

Eu voltei pra casa recheada de sacolas, nada para o Bebê! Hehehe!! Na verdade foram mais compras para a família com quem passaremos o Natal!

Passeio puxadinho mas tranquilo, acho que poderei fazer compras até o final da gestação 😉

 

Nosso bebê, neste domingo, foi promovido de embrião para feto!! Uhuuuuu! “Já” possui o tamanho de um grão-de-bico e se comporta super bem.

bebe_feliz

Hoje fizemos nossas primeiras fotinhos do registro da barriga! Em breve, quando tivermos mais algumas, colocarei aqui um comparativo para vocês acompanharem o tamanho da barriga.

Também no domingo (dia 16/12), passei o dia um tanto enjoadinha… aquele mal-estar que já relatei aqui! Saímos apenas para almoçarmos de casa e fiquei quietinha no meu canto!

Neste início de semana tenho me sentido bem mais cansada que o normal, fico cansada só de ficar de pé… então imagina faxinar? Sem chances!

Sendo assim, saí de casa apenas para fazer os exames médicos (de sangue) que ainda não tinha feito. Em breve mais notícias…