Carência e muito choro… um sintoma? (escrito em 19/12/2012)

Estou lendo muitos livros sobre a gestação e sobre bebês, como já falei aqui. Acho que nunca na minha vida tinha lido 3 ou 4 livros ao mesmo tempo. Nada como entrar num mundo desconhecido né? Fosse o mundo das tias… eu já estava craque!

Um desse livros é bem light, chama-se “simplesmente grávida” e eu ganhei de uma colega de francês. É um livro tipo diário de gestação, onde uma mulher fala da sua segunda gestação.

Neste livro (e também em vários outros locais) li que a mulher normalmente fica mais chorona e carente na gestação. Até ontem a noite não sentia nada disso!

Porém, ontem o maridão aqui resolveu fazer greve de conversas comigo ao chegar do trabalho… aí já viu! Me encontrei sozinha, longe da família e sem marido! DESABEI!!

E ainda era um dia que eu queria estar com a família: minha irmã enfrentando uma barra, a outra na maior correria na nossa loja, meu irmão prestes a fazer entrevista de doutorado… e eu sem falar com minha mãe há mais de 4 dias.

 

Bem, a noite passou lentamente… insônia… lágrimas…

Mas o dia chegou, e com ele o sol. Claro que para o maridão tudo normal… ahhhh os homens!! E isso por uns instantes me irritou! Mas fazer o que? Bora seguir a vida, e em breve, literalmente empurrando com a barriga esses pequenos probleminhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *